7/02/2011

Estádio: Incentivo depende de abertura

cunha_chorando

Câmara de SP aprova lei que dá incentivo a estádio do Corinthians, porém é condicionada à abertura da Copa de 14!

Por 39 a 14, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou o projeto de incentivos fiscais no valor de R$ 420 milhões para o estádio a ser construído pelo Corinthians em Itaquera.

O prefeito Gilberto Kassab ainda precisa sancioná-lo, mas ele só será ratificado se a cidade for, de fato, sede da abertura da Copa do Mundo de 2014.

O texto foi modificado para atender a exigência de alguns vereadores temerosos que o incentivo fosse concedido para um estádio sem tal propósito.

Contra o incentivo, o vereador Aurélio Miguel argumentou que o texto prevê "favorecimento de particular em detrimento do coletivo" e entregou uma representação ao Ministério Público de São Paulo pedindo uma investigação das irregularidades do projeto.

O clube receberá Certificados de Incentivo de Desenvolvimento (CIDs) no valor de R$ 50 mil cada. Com eles, Corinthians e a empreiteira responsável Odebrecht terão isenção de até 60% no Imposto sobre Serviços (ISS) e 50% do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Os papéis podem ser vendidos no mercado financeiro. As isenções já eram previstas por exigência da FIFA.

Em até 60 dias, o governo prometeu abrir um edital para conceder o mesmo benefício a empresas que quiserem se instalar na zona leste.

Postar um comentário