10/22/2009

Copeira de FHC contra o Fenômeno

MSN Esportes: Copeira de FHC se recusa a servir Ronaldo

Independentemente de paixão clubística, a copeira ao se recusar fazer aquilo pela qual é remunerada para executar, alegando constrangimento pelo fato do convidado do anfitrião fazer comentários sobre um clube de futebol – que por um acaso é o mesmo da copeira – figura numa falta gravíssima, passível de advertência. Por outro lado, a copeira, caso venha acionar os caminhos legais para reparação de tal constrangimento, terá pela frente uma missão quase impossível de provar que tal “comentário” do “convidado” de seu patrão lhe tenha ofendido de tal maneira que a mesma não teria capacidade de servir de maneira adequada, alias, após tal iniciativa, dificilmente ela seria copeira em uma próxima casa de tal glamour.

O fato é que tal noticia é “divertida”, justamente pelo fato do Corinthians estar navegando em um mar tranquilo desde o ano passado, onde as crises ocorrem na fila do banheiro químico.

Postar um comentário