5/09/2008

Parceria Campeã

Não me esqueci do campeão paulista deste ano e realmente não tive tempo de falar sobre o assunto. O problema é que ainda não digeri tal título como algo natural, mesmo que antes do campeonato começar, tenha cantado a bola de quem seria o campeão.
 
Com a reunião de coincidencias era inevitável não apontá-lo como franco favorito, nem por isso deixo de desmerecer o fim da fila, não é isso. É uma sensação de injustiça, de que existe algo de errado, que os outros clubes não conseguiram acompanhar.
 
Quando o Corinthians apresentou Carlitos Tevez, eu que acompanho o futebol argentino, achei realmente que foi, sem sombra de dúvida, algo totalmente diferenciado e já apontava que ele seria um ídolo, alias, após sua chegada ele se tornou mais do que isso. Cambaleou no paulista e fez um brasileiro impecável, tanto que posso afirmar que sem ele, exclusivamente, não teriamos conquistado aquele título. Valeu cada um dos dólares pagos (ou não) pelo seu passe. O título veio, foi comemorado, mas ainda hoje sinto que tivemos um privilégio muito acima do que o futebol brasileiro ultimamente merece.
 
O que quero dizer, é que sem parceiros, sem investimento, sem uma administração competente e visando lucro, visando captar recursos, mudar a visão da torcida do craque que nasce e morre no clube, mas tentar segurá-lo por uma ou duas temporadas antes de sofrermos com um novo prata-da-casa em evolução, sem o entendimento de todos de que isso é um trabalho de médio e longo prazo, continuaremos sob a tutela do futebol mediocre, assim, o time que investir um pouco a mais, terá a valorização do título.
 
Aconteceu com Palmeiras/Parmalat, com o Corinthians/Excel, com o Cruzeiro/Hicks, com o Corinthians/MSI, com o Internacional/Sendas e agora com os jogadores empresariados por Traffic, Ability e tantos outros grupos de empresários, comprando pequenos clubes, fazendo deles o que a Lei Pelé lhe permite.
 
O futebol virou refém do dinheiro e algumas pessoas estão anos-luz de compentencia, suficiente inclusive, para tirar um time de uma fila de 12 anos. Parabéns ao campeão e seus "parceiros".
Postar um comentário