2/22/2013

Timão sem torcida na Libertadores

Caro leitor,

Não quero ser mais do mesmo ao falar sobre a morte do garoto boliviano por causa do sinalizador disparado por um torcedor do Corinthians.

Se acidental ou não, não sabemos. E prefiro deixar isso para as autoridades, antes de imputar culpados.

A Conmebol puniu o Corinthians, que perdeu sua torcida para as demais partidas da Libertadores. Dentro ou fora de casa, jogará sem o apoio da torcida até o final da competição. Cabe recurso.

A Revista Veja está preparando uma matéria sobre os verdadeiros culpados e promete apimentar ainda mais a discussão, pois a linha dos jornalistas é envolver o clube como patrocinador desses grupos terroristas.

Membros das organizadas foram procurados para “confirmar” tais denúncias. Que são financiados pelos clubes com passagens, traslados e ingressos, fora o uso de bandeiras, instrumentos e, pasmem, fogos de artifício e sinalizadores.

Como citei, não dá pra sair culpando A ou B, pedindo justiça ou solicitando uma punição exemplar sem conhecer exatamente o que aconteceu, o que por si só, já parece ser um sinal de impunidade.

Culpar e punir o Corinthians é como culpar o fabricante de armas pelos assaltos com homicídios na cidade. E o Corinthians sem torcida vira um time sem alma.

Que isso se reflita para todos que vão ao estádio, pois no meio disso tudo, morreu um torcedor. E um lar está incompleto. Justo?

#luto  

Postar um comentário