9/16/2012

Amanhã é segunda!

O adversário estava descontrolado emocionalmente. Abalado, chorou e culpou a arbitragem.

O Corinthians, sem dó e com um pouco de pena, jogou para o gasto.

E no Pacaembú, não importa se for mandante ou não. O Timão reina.

Demitiram o treinador e colocaram o esforçado Narciso para segurar o rojão.

Porém, bastou a partida começar para assistirmos um festival de sarrafo. Não foi a toa que um jogador deles foi expulso.

Calmo, o Corinthians tocava a bola, quase irritando a própria torcida, enquanto o adversário corria mais, combatia mais, porém sem muito objetivo ou organização.

O carrasco Romarinho deixou novamente sua marca, comemorou e irritou o adversário, deixando-o em parafuso.

Cadenciando a bola, o Corinthians chegou ao segundo gol com Paulinho cabeceando cruzamento de Douglas.

Para alivio do adversário, o Corinthians evitou um massacre, até para evitar confusão, já que a torcida adversária depredava as cadeiras do Pacaembú em protesto.

Pá de cal jogada e fim do amistoso. #chupaporco.

Postar um comentário