9/07/2012

A torcida paulista não é paga-pau!

Históricamente, a torcida de São Paulo sempre foi mais exigente, visto que as vaias não foram direcionadas ao clubismo, mas ao péssimo futebol da Seleção.

Os parceiros da CBF tentaram de tudo para lotar o estádio no feriado, com um adversário fraco e apelando para o sentimento da pátria de chuteiras, o que a torcida viu foi um festival bisonho de um catadão desentrosado.

Só pra constar, o futebol de Corinthians x Figueirense foi melhor que a pelada da Seleção x Africa do Sul. Para o torcedor do Corinthians isso dá a nota do jogo.

Os jogadores não tem que reclamar ou achar que a torcida vaiou por conta da rivalidade. Isso serve apenas para “inglês ver”, uma desculpa esfarrapada para desfocar o péssimo futebol.

Dá para entender como tantas estrelas reunidas não produzem um mínimo de bom futebol? E o que dizer do mega-astro-super-star Falls-Falls que fez uma ótima atuação teatral nas faltas mandrakes? Irrita, não por ser do Santos, nem por ser o Neymar, mas por ser ridículo e denegrir o futebol moleque brasileiro.

Não o comparem com Pelé, Garrincha ou Romário, nenhum deles caia como cai o Falls-Falls, chega a ser cômico o teatro… pra que? Se o artifício resolvesse, mas só serve para irritar ambos os lados.

Quem quer torcida contra? Uma pena, a seleção está fazendo com que sua torcida vire sim, clubista e bairrista. Tem muita gente que não merece estar alí. Coisas que o dinheiro não paga, mas para quem é rico não faz diferença.

Postar um comentário