4/11/2010

O dissabor de quem se engana

Citadini afirma: ‘Números apresentados pelo Corinthians enganam’

Em reportagem ao jornal Lance!, Citadini rebateu o balanço publicado desde o final de Fevereiro e que foram auditados, aprovados pelo CORI por 12 votos a 1 e aprovados por unanimidade pelo Conselho Deliberativo.

Vamos às afirmações:

- O clube antecipou muita receita

Acredito que Citadini ache um absurdo antecipação de receitas, visto que é algo contumaz no mercado do futebol para honrar compromissos, já que um patrocínio milionário não paga antecipadamente tal patrocínio e sim um valor mensal, mas o clube precisa manter a estrutura, jogadores, etc.

- Como pode ter superávit se o clube precisou pegar dinheiro em banco?

É uma recorrente para os não entendidos em balanços, mas é natural que a pessoa tenha tais dúvidas, mas não é perimitido alguém o faça por ironia ou desinformação, o que não é o caso, já que o mesmo presidente já aprovou outros balanços da era Dualib e não deu nenhum comentário desmerecendo.

- É a mesma coisa. A diretoria apresenta apenas o balancete para o Cori e não mostra nenhum documento para mostrar que os números estão corretos. Quem quer ver precisar ir à diretoria.

Vale lembrar que Citadini por ser Presidente do CORI, só vota quando existe empate nas votações, onde atua como orientador, bem como o balanço é apresentado ao CORI mensalmente e tem 3 meses para contestá-lo, antes de seu efetivo fechamento e publicação, bem como a documentação é disponibilizada para qualquer dúvida ou pesquisa.

Particularmente acredito que as declarações de Antônio Roque Citadini apenas refletem a opinião de um oposicionista o qual apenas reclama e não apresenta nenhuma alternativa ou solução para suas reclamações ou insatisfações.

Se deixassem a vaidade de lado, este e outros oposicionistas que só trabalham em prol de si mesmos, transformariam o Corinthians no maior e melhor clube do mundo!

Postar um comentário